Colaborões

10|jan|12

| Brasil | Colaborões | São Paulo

Ainda é verão! #cêjura? Mesmo assim, muita gente tá voltando ao trabalho essa semana mess, né? Mas como o clima de férias nunca deixa esse blog, o Colaborões de hoje tem a ver com o litoral! É pra você matar as saudades!

O viajão Natan Ewerton Cruz resolveu escrever como foi sua passagem por Santos, no litoral paulista! Ele curtiu as férias de fim de ano por lá e decidiu ser um colaborão! Ele fala até sobre dar um pulinho na cidade mais velha do país. Bora pegar uma prainha?

———

Quando se fala em Santos (SP), logo nos vem à mente uma cidade portuária sem nenhum tipo de atrativo. Mas a maior cidade do litoral paulista tem muitos atrativos.

A orla de Santos é um convite para a prática de esportes. Com uma extensa faixa de areia, os turistas podem se dar o luxo de escolher onde irão fincar seus guarda-sóis.

Uma visita ao centro histórico e é indispensável ver os inúmeros casarões e prédios públicos imponentes como a Associação Comercial , a Bolsa Oficial do Café e o Paço Municipal (Prefeitura). Ainda no centro, o turista poderá fazer um prazeroso passeio de bonde.

Um modo de conhecer o maior porto da América Latina de um ângulo privilegiado é através das balsas que ligam Santos a Guarujá.

Outra pedida é uma caminhada pelos jardins da orla santista, que receberam o título de “maior jardim frontal à orla da praia”, pelo Guinness Book.

Saindo de Santos, uma boa pedida é visitar a cidade vizinha de São Vicente (a cidade mais antiga do Brasil). Conhecer a Biquinha da Anchieta com seus belos azulejos do período colonial, passear pela sua bela orla, passear de teleférico ou pular de asa-delta.

Roteiro obrigatório é passar na Ponte Pênsil Saturnino de Brito e subir a Ilha Porchat no monumento de Oscar Niemeyer da onde é possível ver as cidades de São Vicente, Santos, Cubatão e Guarujá.

Essas são algumas dicas para quem um dia passar por Santos ou em outras cidades da Baixada Santista. Quem sabe, futuramente, não sejam postadas aqui também.

A todos os viajões um forte abraço.

———

Valeu pela colaborada, Natan! 

E você, seu viajão, também pode mandar sua história de viagem! Escreve pra souviajao@gmail.com e seja um COLABORÃO! ;)

Comente na humildade: